Marketing de vídeo: descubra como essa estratégia pode mudar seu 2019

blog_gestao_11022019

Você deve estar pensando que esse é só mais um post sobre uma estratégia já muito conhecida e propagada quando o assunto é marketing digital, estamos certos? Claro que não é segredo algum que ele é uma poderosa ferramenta, mas até pouco tempo (beeem pouco) só era possível usá-la para alcance em massa, awareness de marca¹ e consideração.

 

Acontece que em 2018 os limites deixaram de existir, permitindo que o marketing de vídeo começasse a ser usado desde awareness até para obter uma resposta direta, ou seja, durante toda a jornada do consumidor. Você consegue entender a dimensão e os impactos disso para o seu 2019?

 

O seu consumidor não está mais interessado em vídeos passivos, ele deseja viver uma experiência interativa com você e a sua marca. É o que revela uma pesquisa do Google, realizada no Youtube em 2018. Outra revolução na forma como o marketing de vídeo afeta atualmente as suas estratégias está ligada a forma como as plataformas evoluíram, influenciadas pela mudança de comportamento do consumidor. É que, historicamente, a propaganda em vídeo não podia ser acionada, otimizada ou mensurada em relação aos objetivos da resposta direta, ou seja, a única forma de uma pessoa ‘responder’ àquele vídeo era assistindo a ele. Graças a tecnologia e as otimizações, as equipes de marketing agradecem, foi possível pensar em ações específicas para o público – o famoso ‘inscreva-se’ ou o estímulo à compra de um determinado serviço/produto são exemplos.

 

Agora que você já sabe um pouco sobre essas mudanças, que tal descobrir como fazer para que o marketing de vídeo mude o seu 2019?

 

1- Use insights do público para inspirar ações

 

A melhor forma de saber o que fazer nas suas estratégias de marketing de vídeo é usar o que você sabe a respeito do seu público, ok? Se o consumidor é exposto a milhares de mensagens de marcas diariamente é preciso pensar o que falta para que A SUA seja diferente e o atinja em cheio! Em outras palavras, você é o cupido e precisa trabalhar a resposta direta do seu cliente. É o que nos ensina o marketing de um dos maiores outlets online de luxo do mundo, a Yoox Net-A-Porter. A marca sabe muito bem que os seus consumidores apreciam a exclusividade; o que você acha que ela fez? Explorou com inteligência diversas tendências da moda e, ao final do vídeo (25 segundos), disponibilizou um link que levava as pessoas para uma página onde um item exclusivo poderia ser comprado. Não acabou por aí, não! Se a pessoa não clicasse para comprar, a oferta não apareceria mais. Se você pensou no famoso gatilho de escassez, é isso aí! O resultado foi matador, a empresa teve um aumento de vendas direta.

 

Inserir mídia de vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=AWmyQQUVwzc

2- Use a criatividade e atinja o público certo

 

Sua estratégia de marketing de vídeo pode ser inspiradora e digna de um prêmio, mas se ela não atingir as pessoas certas todo o trabalho terá sido em vão. Call-to-actions fortes e chamativos podem ser bem pertinentes, mas a sua equipe de marketing precisa ter mais criatividade e direcionar o vídeo para o público-alvo. Só assim você terá uma resposta direta de potenciais clientes!

 

3- Transmita a mesma mensagem de maneiras diferentes

 

Até que a sua mensagem atinja as pessoas que deseja é necessário transmiti-la de diversas maneiras. Mas não é repetitivo fazer isso? Depende. Repetir a mensagem é a melhor forma de estimular uma resposta direta (ação), além de que você pode acabar descobrindo qual delas funciona melhor. Em outras palavras, seja sempre visto para não ser esquecido.

 

Gostou das nossas dicas, mas precisa de uma mãozinha nas suas estratégias de marketing de vídeo? Conheça o nosso trabalho e fale com a nossa equipe:  www.gestaoderedessociais.com | (24) 2237-0107 ou Whatsapp: (24) 98839-6811

 

___

¹ Brand Awareness é a consciência de marca e indica o quanto e como uma marca é reconhecida pelos consumidores.

 

Facebook: Integração do Messenger, Instagram e Whatsapp para troca de mensagens

gestao_blog_05022018

Mark Zuckerberg, diretor executivo do Facebook, planeja realizar a integração entre o Messenger, o Instagram e o Whatsapp. O objetivo é permitir a troca de mensagens entre as três redes sociais, que continuarão funcionando de forma autônoma, com criptografia de ponta a ponta para garantir o sigilo de todos os conteúdos enviados pelos usuários.

 

Segundo o jornal americano The New York Times, a mudança ainda não tem data certa para ocorrer, mas a expectativa do lançamento é entre final de 2019 e início de 2020. Com a mudança os usuários poderão enviar mensagens do Facebook para aqueles que têm apenas Whatsapp, por exemplo.

 

Em muitos países, as pessoas dependem de um ou dois serviços de correio. Na China, o WeChat, da Tencent, é o aplicativo mais popular, enquanto o WhatsApp é usado muito mais na América do Sul. No entanto, os americanos preferem serviços diferentes, como mensagens SMS, Apple iMessage e vários aplicativos de bate-papo do Google.

Para o Facebook, as mudanças representam uma oportunidade melhor para gerar dinheiro com o WhatsApp e o Instagram, que atualmente não geram muita renda, embora tenham um grande número de usuários (não mais que o Facebook):

 


Facebook é a rede social com maior quantidade de usuários. WhatsApp, Facebook Messenger e Instagram ocupam a terceira, quarta e sexta posições respectivamente. | Fonte: Statista

Agora você deve estar pensando como isso pode impactar o seu negócio, certo? Basicamente o aumento do engajamento do público, que tem como consequência o aumento no leque de propagandas e diversas formas de ganhar dinheiro. Ainda segundo o jornal americano, através da integração das plataformas, uma das formas de obter lucros será através da cobrança de uma taxa para aqueles que desejarem publicar algum tipo de propaganda.

 

Sem dúvida alguma, outro aspecto que merece destaque é maior agilidade na resposta aos potenciais clientes e, melhor, sem prejuízo de informações. Tudo estará integrado, já que não será necessário iniciar uma conversa em uma rede social e ir para outra.

 

E você, o que acha dessa novidade?

Conheça o nosso trabalho: www.gestaoderedessociais.com

Fique por dentro: Facebook agora permite divulgar evento na ‘história’

gestão_18012019_blog

A novidade foi divulgada essa semana, na segunda-feira, pelo Facebook, e está liberada para o Brasil, México e EUA. Com o novo recurso você pode divulgar eventos ou encontros na rede social.

Quem visualiza a história também pode demonstrar interesse ou confirmar presença a partir de um botão que surge junto às informações do evento, na foto.

Para divulgar um evento na história é simples, e a Gestão de Redes ensina como:

Abra o Facebook e localize o evento que você quer publicar no Stories. Toque em “Compartilhar”. Em seguida, vá em “Compartilhar no seu story”.

Se quiser, você ainda pode adicionar figurinhas, escrever ou desenhar à mão livre com as ferramentas disponíveis no canto superior da tela. Depois disso é só tocar em “Seu story”.

Publicou? Agora é só acompanhar quem visualizou e interagiu com o seu stories. Para fazer isso, vá em “Seu story” e deslize a tela para cima ou toque sobre o ícone no canto inferior esquerdo.

Caso algum amigo tenha demonstrado interesse no evento, você pode enviar uma mensagem pra ele. O recurso é uma boa pedida para as empresas que desejam estreitar o relacionamento com os seus clientes!

Curtiu a novidade? Conheça melhor o nosso trabalho: www.gestaoderedessociais.com

Gestão de Redes Sociais: a febre da compra de seguidores

gestao_blog_04012018

Você já se perguntou: por que tenho tantos seguidores e poucas curtidas? Ou ainda: vale a pena comprar seguidores? Esses são questionamentos muito comuns quando se quer conquistar um engajamento daqueles nas redes sociais.

O que todos sabem, mas as vezes acabam se esquecendo é que nas redes sociais quantidade é tão importante quanto qualidade. É preciso que haja qualidade na produção de conteúdos para que o público se interesse pela rede social e, ao mesmo tempo, envolvimento com as publicações. A interação acaba servindo como prova social para que outras pessoas também interajam com o perfil ou a página. – Leia também Prova social: como ela faz você vender mais. Ou seja, a qualidade dos conteúdos gera alcance que, por sua vez,  gera o tão sonhado aumento do número de seguidores.

Isso responde a pergunta da compra do número de seguidores, que virou uma febre no perfil de pequenas, médias e grandes empresas. Podemos dizer que eles são parasitas das redes sociais ou “enfeites”, porque não interagem com as postagens e acabam prejudicando o alcance das publicações. Sem essas interações, por mais interessante que seja o conteúdo, as postagens acabam virando poeira digital.

Tão importante quanto pensar no número de seguidores é pensar na qualidade do conteúdo oferecido, através da segmentação do público-alvo. – Leia também Buyer Persona: como ela pode ajudar a sua empresa. Em outras palavras, conhecer quem são os seus consumidores, aqueles que realmente se interessam pelo que você oferece em termos de produtos, serviços e informações de forma geral. – Leia também People Marketing: quem é a pessoa por trás da sua compra? São essas pessoas que farão suas redes sociais crescerem, sem que seja necessário aderir a febre da compra de seguidores.

Entre as desvantagens da compra de seguidores estão: conteúdo menos relevante devido aos algoritmos das redes sociais; penalização das redes sociais; perda de credibilidade; variação enorme do número de seguidores devido aos perfis falsos. Precisa dizer mais?

Um negócio real tem a preocupação de trabalhar para conquistar seguidores reais, que queiram ter acesso ao conteúdo oferecido diariamente no feed delas, que consumam seus produtos/serviços e contribuam para as suas vendas, que indiquem a sua empresa para outras pessoas e que acompanhem as suas redes sociais.

A nossa Gestão de Redes Sociais é real! Não trabalhamos com sorte, fazemos acontecer! Conheça nosso trabalho: www.gestaoderedessociais.com | Fale com a nossa equipe: (24) 2237-0107 ou comercial@maxisite.net

Facebook: 5 tendências de que você precisa conhecer

gestao_27122018_blog

Que o Facebook preconiza as notícias de acordo com o interesse dos pessoas não é novidade, prova disso é a utilização do Edgerank. O algoritmo responsável por filtrar as publicações e mostrar o que é mais relevante para você e para todos os outros usuários. – Leia também Edgerank: saiba como usar o algoritmo do Facebook a se favor.

Se por um lado há um filtro de tudo que é relevante, por outro há um enorme excesso de informações diárias. Isso acaba dificultando o alcance orgânico das publicações, ou seja, o número de pessoas as quais as suas publicações foram exibidas por meio de uma distribuição não paga, o que tem impacto direto no engajamento e conversão dos usuários.

Isso não quer dizer que todo o trabalho está perdido, existem formas de obter bons resultados. Confira as tendências de anúncios no facebook que você precisa conhecer já!

1. Alcance abaixo de zero

Se você quer atingir o maior número de pessoas precisa, sim, investir nos seus anúncios. Fazendo isso você estará potencializando o alcance da sua publicação, além de oferecer um conteúdo relevante para os usuários e aumentar as possibilidades de engajamento e conversão.

2. Vídeo, o melhor aliado

O Facebook se transformou numa corrida maluca de informações, quem ganha? Quem consegue despertar o interesse do usuário e tem maior engajamento. Nesse sentido, os vídeos saem na frente. Aposte em vídeos curtos, trabalhe o marketing de conteúdo de forma concisa e estratégica, utilize o recurso história e aposte em transmissões ao vivo. – Leia também Marketing de conteúdo nas redes sociais: saiba como fazer!

3. Valorização de negócios pequenos e locais

Há uma forte tendência em se valorizar negócios pequenos e locais no Facebook. Por isso, dependendo do seu nicho de atuação, vale a pena investir em estratégias que potencializam o conhecimento da sua marca. Uma dica é a parceria com microinfluenciadores.

4. Anúncios no messenger

Como o espaço por um lugar no feed está cada vez mais concorrido é necessário encontrar novas formas de anunciar. Por que não no messenger? A ideia é entrar em contato com as pessoas que já seguem a sua empresa, pela maior probabilidade delas comprarem o que você vende.

5. Disponibilidade inquestionável

As pessoas não querem ver o chat verde e ficarem sem resposta. Independente do conteúdo da mensagem enviada: crítica, agradecimento, sugestão ou dúvida, é necessário estar presente 24h por dia. Sem falar que a demora na resposta pode ser muito prejudicial para a sua página.

Curtiu essas dicas? Conheça a nossa Gestão de Redes Sociais e fique a frente da sua concorrência: www.gestaoderedessociais.com | Fale com a nossa equipe: (24)2237-0107