Natal: 5 dicas para você vender mais

gestão_06122018_blog

Com o Natal batendo à porta, as empresas começam a pensar em estratégias e políticas de promoções e descontos para uma das datas comerciais mais rentáveis do ano. Seguida do dia das mães, dia dos namorados, dia das crianças e dia dos pais.

A data comemorativa favorece a troca de presentes, que já começa a ser pensada com o pagamento do 13º salário. Os consumidores, cada vez mais exigentes, tendem a pesquisar os melhores preços tanto em lojas físicas quanto na internet. Aliás, o número de pessoas que faz compras online só cresce no Brasil. – Leia também Como ter um e-commerce de sucesso e bombar o seu negócio. Isso pode ser explicado pela facilidade de compra, agilidade na entrega, o não enfrentamento de filas enormes e fluxo de pessoas indo e vindo.

Quando desenvolvemos estratégias de marketing digital eficientes é necessário ter conhecimento de qual é o público com quem estamos nos comunicando. Não é diferente no Natal, quando desejamos usar as redes sociais para vender mais.  – Leia também Buyer persona: como ela pode ajudar a sua empresa.

Como o Natal é uma data que costuma ter amigo oculto, geralmente as pessoas têm muitas dúvidas na hora de escolher o presente. Uma solução é oferecer produtos com preços variados e treinar a equipe de vendas para ajudar essas pessoas na hora de escolher o presente. Isso agiliza o processo de compra e otimiza o tempo do vendedor para vender mais na loja física. – Leia também ZMOT: o momento zero da decisão de compra.

Outro aspecto que merece destaque é a decoração. Muitas lojas de rua ignoram a importância de “entrar no clima”, esquecendo que elas têm mais chance de atrair consumidores do que as lojas de shopping que majoritariamente tem uma decoração mais sofisticada. Uma decoração bem pensada é capaz de despertar a intenção de compra e fazer com que as pessoas entrem na loja.

As condições de pagamento também são um atrativo, assim como combos de produtos e descontos, tanto na loja física quanto no seu e-commerce e redes sociais. Aliás, as redes sociais são um poderoso canal de conversão para o seu site e visita à sua loja física. No Instagram, por exemplo, tem o Stories. O recurso é usado por 400 milhões de contas todos os dias, agora imagine usar esse número a seu favor no Natal? Você pode fazer sugestões de presentes de Natal até R$100,00, por exemplo, ou o preço que você quiser. As pessoas gostam de produtos e preços variados, justamente pelo número de confraternizações de fim de ano: em família, entre amigos, no trabalho, na faculdade, curso, entre outras. – Leia também Instagram Stories: segredos do recurso para vender mais.

Outra dica bem pertinente é a possibilidade de vale-presentes! Você pode oferecer na sua loja física e virtual esses cartões com valores pré-estipulados para que o presenteado escolha o que quiser de presente.

A comunicação no tom correto, com estratégias voltadas para a conversão são fundamentais para vender mais nessa época do ano. Quer saber mais? Conheça a Gestão de Redes Sociais: www.gestaoderedessociais.com e entre em contato com a nossa equipe: comercial@maxisite.net  | (24) 2237-0107 ou Whatsapp: (24) 98839-6811

Gestão de Redes Sociais: 5 lições de Sun Tzu em ‘A Arte da Guerra’

gestao_30112018

Sun Tzu foi um general chinês que viveu há mais de 2.500 anos e inspirou milhares de pessoas a trilhar o seu caminho rumo ao sucesso, com honra e coragem. Sua obra conhecida em todo mundo, “A Arte da Guerra”, é rica em ensinamentos de planejamento, estratégia e liderança.

Nós preparamos 5 lições para a sua Gestão de Redes Sociais, a partir de ‘A Arte da Guerra’!

 

1. A primeira batalha que devemos travar é contra nós mesmos

Essa é uma das principais premissas de Sun Tzu. Para ele, a melhor forma de vencer a guerra é despender o inimigo antes mesmo de desembainhar a espada. Isto é, sem que seja necessário fazer nada. Isso porque, segundo ele, quando a vitória é alcançada custosamente sempre fica um gostinho de derrota. Por isso, a primeira batalha que devemos travar é contra nós mesmos.

Conhecer os seus pontos fracos e fortes e a sua concorrência é fundamental! Isso se chama inteligência competitiva, você conhece o seu negócio e o do seu concorrente a ponto de identificar todas as oportunidades existentes ou os erros cometidos, com a finalidade de resolvê-los.

2. Lidere pelo exemplo, não pela força

Um grande líder e empreendedor mostra, através do seu exemplo, qual caminho deve ser seguido para que a equipe alcance o sucesso. Ele não manda, não diz “eu” nem “vá”, não procura culpados, não fiscaliza ou desmoraliza. Um grande líder orienta, diz “nós” e “vamos”, acompanha, confia e assume a responsabilidade.

3. Motive a sua equipe

No livro Sun Tzu traz esse ensinamento a partir da maneira como trata seus homens, como filhos, dizendo: “trate seus homens como filhos o seguirão aos vales mais escuros.” Quando você tem uma equipe motivada, tem tudo!

4. Tudo é impermanente

Sun Tzu diz que das quatro estações, nenhuma dura para sempre. Os dias, uns são longos, outros curtos. A Lua enche e míngua. Também são assim os períodos de uma guerra. Se tudo é impermanente, a necessidade de trabalhar cada vez mais para manter o sucesso do seu negócio nas redes sociais ou acabar com os erros é ainda mais forte.

5.
Faça adaptações quando necessário

O que deu certo e fez sucesso ontem, gerou engajamento, curtidas, comentários e compartilhamentos, na semana que vem talvez não faça mais. Por isso, a importância de se adaptar e fazer um planejamento estratégico. Sun Tzu traz o ensinamento de que a habilidade de alcançar a vitória mudando e fazendo adaptações, de acordo com o “inimigo”, é chamada de genialidade.

Gostou desse post? Comece 2019 com o pé direito, entre em contato com a nossa equipe de Gestão de Redes Sociais preenchendo o formulário: https://gestaoderedessociais.com/

Fale com a nossa equipe: comercial@maxisite.net  | (24) 2237-0107 ou Whatsapp: (24) 98839-6811

Como usar o Facebook para VENDER MAIS?

gestaoderedes_23112018

O Facebook atingiu a marca de 127 milhões de usuários ativos mensais no Brasil no primeiro trimestre de 2018. Ter uma página nessa rede social não é nenhum difícil, mas torná-la interessante para o seu público pode ser se você não souber por onde começar.

As pessoas gostam de informação, isso é um aspecto a ser levado em consideração quando for pensar em estratégias de divulgação. Posts só comerciais, ou seja, divulgando o seu produto e/ou serviço são importantes, até mesmo para gerar tráfego para o seu site, mas não devem ultrapassar o número de conteúdos com o objetivo de informar e interagir com os usuários. Uma dica é a cada dois ou três posts sobre os produtos da sua loja, você desenvolver e postar outros 6 apenas com o objetivo de gerar engajamento.

Investir na integração do seu e-commerce, caso tenha, com a sua página no Facebook pode ser muito eficiente para divulgar e vender seus produtos. O Facebook Ads é outra possibilidade para impulsionar as suas vendas por meio de anúncios pagos, atingindo um público específico e direcionando essas pessoas para a sua loja virtual.

O remarketing é outra estratégia que identifica as pesquisas dos usuários na internet e depois oferece resultados em forma de anúncios. – Leia mais: Remarketing: como usá-lo a favor do seu negócio.

Usar o Inbound Marketing também é muito pertinente para estratégias de venda no Facebook, porque a ideia é nutrir o público-alvo com conteúdos relevantes, gerando tráfego e leads, a fim de mantê-lo engajado, para que essas pessoas se tornem clientes.

Achou esse post muito curto e quer saber mais? Entre em contato com a nossa equipe de Gestão de Redes Sociais preenchendo o formulário: https://gestaoderedessociais.com/

Gestão de Redes Sociais: como usar hashtags de sucesso

gestaoderedes_13112018_blog

Que o Instagram é um sucesso não é novidade, são mais de um bilhão de contas ativas todos os meses e mais de 400 milhões de posts no stories todos os dias. Não à toa a rede social tem ajudado pequenos, médios e grandes negócios a obterem resultado em vendas. – Leia também Instagram Stories: recursos do recurso para vender mais e Instagram direct: venda mais com o recurso.

As hashtags desempenham papel fundamental quando o assunto é sucesso, por isso não devem ser de forma alguma negligenciadas. Cada hashtag é uma palavra-chave antecedida por (#) que as pessoas usam para identificar o assunto ou tema do conteúdo postado. Elas começaram no Twitter e acabaram sendo bem aceitas nas outras redes sociais, sendo a melhor maneira de filtrar as pesquisas em torno de um tema específico. Atualmente as pessoas podem não só escolher as hashtags ideais para serem utilizadas em seus posts, como também seguir essas hashtags e ter diariamente ao seu alcance notícias e assuntos relacionados ao que lhe interessa. Se você tem um negócio, por exemplo, pode seguir a hashtag ‘empreendedorismo’ – atualmente com 3.889.205 publicações no Instagram.

Algumas dicas importantes para fazer dar certo o uso das suas hashtags são:

1) Nem pensar em usar todo o conteúdo na hashtag

Como assim? Se você quiser saber o que as pessoas estão falando sobre um filme específico use o nome do filme e não #oqueaspessoasestãoachandosobreofilme. Por exemplo, vamos supor que você quer saber o que estão dizendo sobre o filme recém-lançado Bohemian Rhapsody, sobre a banda Queen. Use #bohemianrhapsody para encontrar assuntos relacionados ao filme!

2) Uma hashtag para cada palavra muito menos

Já viu alguma publicação em que a pessoa postou #viajar #é #preciso? Isso é muito comum nas redes sociais, mas limita muito o alcance da publicação. O correto é utilizar #viajarépreciso. – Leia também Instagram: 3 dicas para aumentar o seu engajamento.

3) Sempre escolher hashtags que tenham a ver com a sua publicação

Muitas pessoas cometem o erro de usar hashtags que estão sendo muito pesquisadas, mesmo que a sua publicação não tenha a ver com assunto. Isso é extremamente prejudicial a disseminação do conteúdo e acaba bagunçando as pesquisas.

4) Sempre revisar se a hashtag está escrita corretamente

Às vezes, na hora da pressa, você pode acabar digitando a hashtag faltando uma letra ou com uma letra a mais. Esse “simples” erro atrapalha o alcance inicialmente pensado e pode fazer com que a publicação se torne um fracasso.

Além dessas dicas é importante pensar que cada uma das redes sociais têm sua particularidade e, portanto, uma hashtag que faz sucesso no Instagram pode não fazer tanto assim no Twitter e vice-versa.

Um site bem interessante é o All Hashtags, que é gratuito e contém recursos como o Gerador de Hashtags, Análise de Hashtags, Top Hashtags e o Criador de Hashtags. O Gerador de Hashtags sugere as principais tags de acordo com a palavra sugerida na busca. Para isso, basta digitar o termo de interesse, selecionar o botão “top” e logo depois o botão “generate”. Dessa forma:

marketingdigital

marketingdigital2

Ferramenta de Gerador de Hashtags disponível em: www.all-hashtag.com

Nessa pesquisa o all hashtags mostra as 30 hashtags mais relevantes com base na palavra que você digitou. Abaixo dessas informações você também vai encontrar hashtags similares a que você inseriu no topo da página.

marketingdigital3

Já a análise de hashtags fornece três dados importantes: a posição dela no ranking, a quantidade de vezes em que ela foi usada e o número de palavras similares.

hashtags3

Análise de Hashtags disponível em www.all-hashtag.com

hashtags4

A hashtag #empreendedorismo, por exemplo, ocupa a posição 4.600 de 91,6 milhões de hashtags usadas, foi empregada 2.255 vezes e tem 45 palavras semelhantes. Mais abaixo você tem acesso a alguns gráficos interessantes, como um mostrando o quanto a sua hashtag ganha das mais populares, outro gráfico indicando o quanto a sua hashtag é recomendada em relação a outras e um último gráfico mostrando o desempenho da sua hashtag em relação às mais populares.

hashtag

Gráfico de popularidade e recomendação da hashtag de acordo com a sua categoria de palavras. Disponível em www.all-hashtags.com

Já o recurso Top Hashtags serve para visualizar as hashtags mais populares de acordo com um período de tempo específico. Para isso, você precisa ir em ‘Charts’ e selecionar o período desejado.

hashtag-pop

Por último, o recurso de Criação de Hashtags ajuda você a inserir o (#) na frente das palavras digitadas, otimizando o seu tempo inclusive no celular. Legal, né? Depois é só copiar as hashtags e colocar no post!

criador

Muito embora as hashtags sejam importantes para o sucesso das suas redes sociais, existem outros aspectos relevantes (marketing de conteúdo, estratégias de venda e conversão, entre outras) e análises essenciais –  engajamento, o número de seguidores e de curtidas – estejam de acordo com o seu objetivo, contribuindo para o fortalecimento da sua marca e a permanência dela no mercado.

Curtiu esse conteúdo? Acesse o nosso site www.gestaoderedessociais.com e conheça nossos planos de Gestão de Redes Sociais.

Precisa de ajuda para encontrar o plano ideal para você? Fale com a nossa equipe!

Whatsapp: (24) 98839-6811 | Telefone: (24) 2237-0107

Black Friday 2018: 7 dicas de sucesso para vender mais

gestao_06112018(1)

Novembro é o mês que clientes e empresas aguardam a chegada da Black Friday, que já dá indícios nas primeiras semanas do que está por vir nas lojas físicas e virtuais. Quem trabalha com vendas precisa se engajar com as estratégias que servirão para impulsionar ainda mais o fechamento de compras.

Uma das maiores dúvidas em relação a campanhas é “como faço pra inovar este ano?”. E a resposta é muito simples, fazendo algo que ainda não foi feito nos anos anteriores e utilizando o que já deu certo e o que não deu para que as coisas funcionem efetivamente este ano.

Uma das formas de investir  na Black Friday é a criação de campanhas recorrentes e que criem expectativa desde o início do mês. Muitas pessoas trabalham dessa forma, geralmente apoiados por uma equipe especializada em marketing digital.

Lembre-se sempre do seguinte: quem não é visto não é lembrado. Você precisa aparecer tanto no que diz respeito a sua loja física, preparo e capacitação de funcionários, organização de prateleiras e expositores de forma estratégica, quanto nas redes sociais. Tudo precisa estar alinhado de forma que não haja espaço para que não ocorra um aumento das vendas, independente da crise que assola o país. O verdadeiro empreendedor não dá desculpas nem pra si mesmo nem para os outros, ele parte para a ação. É este o propósito da criação de campanhas referentes a uma data comemorativa, como a Black Friday.

Uma das maiores queixas dos consumidores em relação a Black Friday são os preços enganosos. Isso requer muita atenção, porque é extremamente prejudicial a imagem da marca, credibilidade, transparência e confiança; nunca se sabe quais serão os desdobramentos de uma ação como essa. Neste caso, as redes sociais podem acabar propagando que a sua loja não é confiável, o que é prejudicial em todos os sentidos. Por este motivo, crie promoções reais!

Aproveitar os Marketplaces neste período também é uma decisão inteligente! Lá você tem não só os seus clientes, mas também potenciais clientes. Aquelas pessoas que compram/consomem em outra empresa e que podem, por que não, optar pela a sua se a oferta for irresistível.

Crie expectativa! Como já falamos, muitas pessoas trabalham dessa forma. Um exemplo de estratégia que cria expectativa é o remarketing, publicidade para clientes potenciais baseada nas ações dos usuários. Leia também Remarketing: como usá-lo a favor do seu negócio.

Use e abuse das redes sociais, um canal de comunicação e aproximação com potenciais clientes incrível e repleto de oportunidades!

Curtiu esse conteúdo? Confira os planos que podem ajudar você a ter sucesso no seu negócio: www.gestaoderedessociais.com

Desejamos boas vendas e boa sorte! ☘☘☘